Torta fria da Nícia

Receita de sucesso, consolidada no tempo, impossível não gostar. A linda torta da foto foi feita pela autora. Fica leve, saborosa e a combinação de sabores deixa bem fresquinha e crocante. Um detalhe importante: cortar todos os ingredientes bem picadinhos, fica outra coisa…

tortafriaone

Ingredientes
1 pão de forma sem a crosta (5/6 fatias)
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1 cenoura
150 g de presunto cozido (se não quiser utilizar o presunto, aumente a quantidade de vegetais)
Pepinos em conserva (cerca de 10 pepinos pequenos)
Salsinha
6/7 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sopa de creme de leite
Líquido da conserva de pepinos.
1 colher de sobremesa de mostarda
1 colher de sobremesa de catchup

Preparo
Misture a maionese com o creme de leite.
Numa tigela misture o pimentão vermelho, o amarelo, a cenoura, o presunto e os pepinos muito bem picadinhos.
Acrescente 2 ou 3 colheres da mistura de maionese/creme de leite para dar liga, a mostarda, o catchup e a salsinha. O restante da maionese servirá para a cobertura da torta.
Prepare uma tigelinha com ¼ de xícara do líquido de conserva do pepino e algumas
colheradas de água.

Montagem
Coloque uma fatia do pão no prato em que será servido.
Com a ajuda de uma colher, umedeça levemente o pão com a mistura de água de conserva do pepino.
Cubra a fatia com a mistura de verdurinhas e proceda desta maneira até a última
fatia, que deve ser coberta somente com a maionese.
Deixe na geladeira até a hora de servir.

Pão Delicioso da D. Talita

Arqueologia culinária! D. Talita, amiga de minha mãe de outros tempos. A receita é muito original e o creminho que cobre o pão é muito bom, praticamente fica uma casquinha. Serve para todas ocasiões até mesmo como prato único.

talita3newb

 

Ingredientes
1 pão de forma sem casca cortado de comprido (7-8 camadas finas
400g de camarões pequenos limpos
1 lata de tomate pelado
3 tomates picados
1 colher de manteiga
1 cebola média
4 colheres de salsinha picada
óleo
parmesão ralado
2 gemas
2 colheres de farinha
½ x de leite

talita1new

Preparo
Molho:
Refogue meia cebola picada com óleo e a manteiga, junte os tomates picados e o tomate pelado e meia xícara de água.
Depois de 15 minutos acrescente os camarões, sal, pimenta e metade da salsinha picada.
Refogue em fogo baixo por 10 minutos. Não deixe o molho muito denso.
Montagem
Unte a forma (ou travessa) com óleo e comece a montagem do pão:
1ª camada de pão de forma, 2ª molho de camarão com queijo ralado por cima e assim por diante.
A última deve ser de pão.
Cobertura:
Bata no liquidificador: meia cebola, duas gemas, o leite, a farinha de trigo, sal, pimenta e salsinha.
Fica uma massinha densa. Despeje sobre o pão (sem cozinhar) e polvilhe com queijo ralado. Leve ao forno quente 180 graus de 15-20 minutos e sirva.
É ótimo quente ou frio!

Torta de espinafre e ricota

Esta é uma torta salgada muito amada pelos italianos, aqui é chamada também de “torta rústica”. Gosto de fazer com bastante recheio para que fique mais alta, está presente em lanches, nos almoços, festinhas de aniversário, jantinha rápida etc. Perfeita porque pode ser servida quente ou fria. Cuidando bem na hora de assar fica bem sequinha e crocante, ótima!!

espinafre

Ingredientes
500 g de massa folhada comprada pronta
500 g de espinafre
2 ovos
100 g de parmesão ralado
350 g de ricota fresca
noz moscada ralada
sal e pimenta preta
1 ovo para pincelar
gergelim preto (opcional)

Preparo
Cozinhe o espinafre  ao vapor ou com pouquíssimo óleo só para murchar cuidando para não formar água. Escorra bem (aperte para tirar toda a água) e deixe esfriar.
Em um recipiente misture a ricota, os ovos, o parmesão, e o espinafre até ficar homogênea.
Tempere com a noz moscada, sal e pimenta.
Espiche bem a massa folhada e forre o fundo e os lados de uma forma.
Coloque o recheio  e cubra com tiras de massa.
Pincele com ovo batido e espalhe as sementinhas de gergelim.
Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por 45 -50 minutos.

Nota: Quando se assa a massa folhada é importante pré-aquecer o forno para evitar que a massa solte a gordura e não asse bem.

Salada de vagem com laranja e avelãs

É fácil incrementar a saladinha de todo dia. A transformação pode virar um apetitosa salada para dias de festa ou mesmo no dia a dia dar alegria aos olhos e ao paladar. A idéia é de um chef inglês muito na moda Ottolenghi, sucesso garantido. As avelãs podem ser substituídas por castanhas do Pará.

vagem-laranja

Ingredientes
400g de vagem
50g de avelãs ou castanhas do Pará
1 laranja
1 dente de alho moído (pequeno)
2 colheres (de sopa) de cebolinha verde e salsa
4 colheres (de sopa) de óleo de oliva
1-2 colherinhas de vinagre de maçã
sal e pimenta do reino

Preparo
Cozinhe as vagens “al dente” e escorra.
Pique as avelãs ou castanhas com a faca  e deixe tostar 10 minutos no forno só para dourar.
Faça raspas de laranjas  (só a parte amarela!) e corte em tiras fininhas.
Agora misture a vagem com o alho, tempero verde, óleo de oliva, vinagre, as raspas de laranja e as avelãs picadas.
Ajuste o sal e a pimenta.
Sirva depois de 15 minutos para pegar bem os sabores.

Amor em Pedaço

Receita da Tela! Faz parte do acervo de arqueologia culinária, é um bolinho suave, macio, fofo, levemente azedinho pela casca do limão e pela coberturinha. Uma delícia no café da manhã, no lanche,  a toda hora…

meu-amor6nuovo

Ingredientes
100g de manteiga
200g de açúcar
3 ovos
1 pitada de sal
250g de farinha de trigo
½ copo de leite
1 limão grande ou 2 pequenos
2 colheres de sopa de maisena
1 colher de chá de fermento em pó

Preparo
Bata a manteiga com o açúcar, acrescente as gemas e continue batendo.
Agora alterne a farinha, a maisena e o fermento peneirados com o leite e depois com o suco do limão.
Rale a casca do limão e acrescente à mistura.
Por último as claras em neve, delicadamente.
Leve assar a 180 graus por mais ou menos 30-35 minutos (depende do forno).
Desenfome e coloque a cobertura por cima ainda quente.

Cobertura
1 limão
6 colheres de sopa de açúcar.
Misture o suco do limão com o açúcar. Deve ficar pastoso e coloque sobre o bolo ainda quente! Quando esfriar fica uma casquinha deliciosa.

Salada grega

A salada ideal para o verão, vegetariana, fresquinha, saudável e substitui um almoço. Nem sempre é fácil encontrar o queijo grego “feta”, mas pode-se substituir com a ricota que tem um sabor muito parecido com o de um feta suave, e também com o queijo “cottage” (neste caso ponha numa peneira para escorrer o excesso de soro).  Ambos têm um sabor menos intenso e salgado, mas de alguma forma ainda lembra o sabor do feta. As quantidades são indicativas depende das porções necessárias.

salada-grega

Ingredientes
4-5 tomates
2 pepinos
1-2 cebolas roxa
150 g de queijo “feta” (ou ricota, cottage)
10 azeitonas pretas grandes
azeite
sal
orégano
salsinha e manjericão

Preparo
Corte as cebolas em rodelas e deixe na água gelada por alguns minutos, depois escorra bem.
Corte os tomates e os pepinos em pedacinhos (deixei a casca).
Corte o queijo em quadradinhos ou esfarele (se for ricota ou cottage).
Junte os outros ingredientes provando para equilibrar os sabores.
Decore com o manjericão ou salsinha.
Sirva com pão torradinho, é uma delícia!
(Deixe pronta pelo menos meia hora antes de servir).

Coquetel de camarão

Natal dos anos 70 e 80. Quantas lembranças desta delícia servida rigorosamente nas festas de fim de ano, em tacinhas especiais, com gelo picado na parte inferior (a minha, infelizmente, não é assim). Fiz neste último Natal para matar a saudades e lembrei o quanto é bom (acrescentei o iogurte natural que na época não se usava).

coquetel1

Ingredientes
½ quilo de camarão médio limpo
1 pitada de sal
1 colher de óleo
suco de limão

Molho
200g de maionese
100g de iogurte natural integral
suco de meio limão
2 colheres de sopa de catchup
1 colher de sopa de mostarda
1 colher de conhaque

Folhas de alface

Preparo
Corte os camarões pela metade (se forem grandes) e tempere com sal e limão. Aqueça o óleo em uma frigideira antiaderente e “salte” os camarões por poucos minutos, até mudarem de cor.
Reserve.
Misture todos os ingredientes do molho e coloque por último os camarões. Forre as tacinhas ou tigelinhas com alface (as folhas mais internas e crocantes) e ponha o coquetel por cima.
Deixe na geladeira até a hora de servir.
Decore com pedacinhos de alface e camarões inteiros, eu esqueci de reservar :).